top of page

p.m.r. meets nike 

bota no 1min e 30seg 

"quem tem, tem. quem não tem, vai para pista." o verso cantados pelo rapper de Leall, de alguma forma orientam esta série de trabalhos que discute quem tem acesso ao que é entendido como mobiliário brasileiro e seus códigos. Fruto da pesquisa realizada durante a 8ª edição da residência artística do Bolsa Pampulha em torno do deslocamento estético da arquitetura e design modernistas brasileiros, "P.M.R meets Nike" é uma collab fictícia entre o Paulo Mendes da Rocha e a marca símbolo de ostentação em corpos periféricos.  

A série é pensada como uma campanha ruidosa, seja pela lembrança dos corpos periféricos que reproduzem em si mesmos o símbolo de uma marca gringa, seja pelo produto desenvolvido ser uma falsificação, seja por esse ruído ser sintetizado no slogan "tudo é projeto", cunhado por Paulo Mendes da Rocha e que é aqui estampado em inglês. Esse ruído também pode ser lido como um abismo, entre universos que se sobrepõe em contradição constante. 

1 é 4, 3 é 10. 

2022 

 

ou

 

a primeira falsificação de uma poltrona paulistano 

bottom of page